Apresentação

O Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Urbano (MDU-UFPE), localizado na cidade de Recife, tem a satisfação de convidar os pesquisadores da história das cidades, da arquitetura, do urbanismo e da engenharia urbana, da história das trajetórias profissionais e da história das ideias no âmbito do urbanismo e planejamento territorial, a enviarem trabalhos para o III Seminário Urbanismo e Urbanistas no Brasil, a ser realizado nos dias 4, 5 e 6 de setembro de 2017, no Museu da Cidade do Recife.

Nesta 3ª edição do Seminário, que nasceu em Brasília, em abril de 2013, o tema será URBANISTAS E URBANISMO MODERNO: TRAJETÓRIAS MÚLTIPLAS E JUÍZOS HISTORIOGRÁFICOS.

Privilegiam-se, nesse sentido, contribuições sobre agentes que perpassam mais de um campo de atuação (seja projetual, didático, teórico, legislativo, de gestão) ou que articulem mais de um campo de saber (arquitetura, urbanismo, engenharia sanitária, história, conservação, sociologia, filosofia, direito, artes), ajudando a construir uma visão de cidade ou do urbanismo sem os atuais limites disciplinares, nos levando a desafios importantes do ponto de vista crítico e historiográfico. São justamente, então, os juízos historiográficos o segundo enfoque dessa edição, para se pensar nos desafios de se estudar essas trajetórias múltiplas, abrindo-se, ainda, para a incorporação de temas como o da fortuna crítica de urbanistas e planejadores, as relações entre historiografia e ideologia, trajetórias vinculadas a regimes ditatoriais e outros urbanismos não modernistas. Buscando aprofundar questões e discussões a respeito desse amplo recorte historiográfico, indicamos duas temáticas específicas que poderão nortear os trabalhos a serem enviados para seleção e montagem das sessões de comunicação nestes eixos.

O Seminário terá o seguinte formato:

  • Mesas redondas com pesquisadores convidados;
  • Sessões de comunicação – compostas por autores de textos selecionados. Os textos devem apresentar os resultados de pesquisas recém finalizadas ou em estágio avançado de desenvolvimento, a serem organizados em sessões com quatro apresentações;
  • Além do Coordenador, que será um membro da Comissão Científica, cada sessão contará com um Debatedor;
  • Após as considerações do Debatedor, a discussão será aberta à participação dos autores e do público.
  • Eixos Temáticos

    Eixo 1

    Trajetórias múltiplas no urbanismo


    Pensar em trajetórias de indivíduos, segundo Bourdieu, tem como norte colocações e deslocamentos no espaço social e no âmbito de um campo disciplinar. Tais posturas investigativas se inserem numa construção na qual são tomados como objetos os estados relativos a essas trajetórias, as relações estabelecidas entre o indivíduo ou grupo estudado e o conjunto de outros campos e agentes envolvidos.

    Neste sentido, o eixo temático busca fomentar discussões com trabalhos que abordem as seguintes temáticas: A ressonância de diversos campos de saber na formação e na prática do urbanista (arquitetura, urbanismo, engenharia sanitária, história, conservação, sociologia, filosofia, direito, artes, entre outros); Multiplicidade de campos de atuação tais como: o projetual, didático, teórico, legislativo, de gestão; Profissionais e instituições que foram relegados ao segundo plano pela história da cidade e do urbanismo.

     

    Eixo 2

    Relações entre historiografia e ideologia


    A história, como defendeu Le Goff, tenta ser objetiva, mas é sempre resultado de escolhas e interpretações do sujeito que a constrói no contexto em que o faz, pois “cada época fabrica mentalmente a sua representação de passado histórico” (1990:26). Neste processo, permeado de ideologias e jogos de poderes, alguns fatos se destacam, assim como personalidades são enaltecidas e/ou transformadas em mitos e outras julgadas e/ou condenadas ao esquecimento. O resgate de vozes dissonantes de urbanistas e a ressignificação de juízos historiográficos produzidos sobre eles, tem sido alvo recente de estudos no campo da história do urbanismo.

    Neste sentido, o eixo temático busca fomentar discussões com trabalhos que abordem as seguintes temáticas: Constituição de discursos historiográficos no urbanismo; Práticas urbanísticas e ideologia; Estudo sobre o legado, as leituras e releituras das contribuições das ideias e das práticas de urbanistas; Vertentes e Estudo crítico da obra do urbanista e os contextos de sua produção; Releituras sobre a história das cidades e do urbanismo; Trajetórias de urbanistas, ideologias e regimes ditatoriais; Juízos historiográficos produzidos sobre urbanistas.

    Programação

    TARDE
    14:00 - Abertura: Presença de representantes das instituições promotoras

    14:30 - SESSÃO DE COMUNICAÇÃO 1:
        Coordenadora: Josianne Cerasoli (UNICAMP)

        Rizkallah Jorge Tahan a atuação da iniciativa privada na urbanização da cidade de São Paulo (1895-1928)
        Renata Geraissati Castro de Almeida
        Rodolpho Ahrons: o mágico engenheiro a transformar a fisionomia urbana da velha cidade açoriana
        Inês Martina Lersch, Fernanda Dihl e Vera Grieneisen
        Um (In)certo José Ciampitti e sua Atuação no Processo de (Trans)formação Espacial de Guarulhos
        Fernando Atique e Giorgia Burattini Saad Medeiros da Silva

    16:00 - Café

    16:30 - MESA REDONDA 1: Trajetórias múltiplas no urbanismo
        Coordenadora: Betânia Corrêa (Museu da Cidade)
        Comentador: Rodrigo de Faria (FAU-UnB / CIEC-UNICAMP)
        Expositores: Adrián Gorelik (U. Quilmes) e Carlos R. M. de Andrade (IAU-USP)


    MANHÃ
    9:00 - SESSÃO DE COMUNICAÇÃO 2:
        Coordenador: Diego de Souza (UNICAP)

        Progresso e problemas urbanos de São Paulo representados nas revistas técnicas no início do século XX
        Cinthia Aparecida Tragante
        A centralidade ausente da Barra da Tijuca: o Centro Metropolitano nos planos urbanos para a cidade do Rio de Janeiro
        Alice Matos de Pina
        Urbanistas e internacionalização no debate sobre o projeto para o bairro do Pacaembu em São Paulo (1911-1923)
        José Geraldo Simões Júnior
        A Companhia de Terras Norte do Paraná e a não obediência ao seu plano geral de colonização
        Layane Alves Nunes
        Cidade, história e a forma das ideias
        Josianne Cerasoli

    10:30 - Café

    11:00 - MESA REDONDA 2: Fortuna crítica de urbanistas
        Coordenadora: Rita Araújo (FUNDAJ)
        Comentadora: Fânia Fridman (IPPUR)
        Expositores: Andrea Pane (U. Federico II) e José Lira (FAU-USP)


    TARDE
    13:00 - Almoço

    14:30 - SESSÃO DE COMUNICAÇÃO 3:
        Coordenadora: Vera Rezende (UFF)

        As filiações teóricas dos escalões territoriais de análise do Plano de Desenvolvimento do Paraná elaborado pela SAGMACS
        Fabíola Castelo de Souza Cordovil
        CPEU Centro de Pesquisas Estudos Urbanísticos. Uma experiência de ensino, pesquisa e pratica profissional
        Maria Cristina da Silva Leme
        Urbanismo e multidisciplinaridade nas cidades novas de Joaquim Guedes
        Rogério Penna Quintanilha

    16:00 - Café

    16:30 - MESA REDONDA 3: Relações entre historiografia e ideologia
        Coordenadora: Renata Cabral (LUP/MDU/UFPE)
        Comentadora: Maria Cristina da Silva Leme (FAU-USP)
        Expositores: Jean-Pierre Frey (École d'Urbanisme de Paris) e Maria Stella Bresciani (IFCH-Unicamp)


    MANHÃ
    9:00 - SESSÃO DE COMUNICAÇÃO 4:
        Coordenadora: Inês Martina Lersch (UFRGS)

        Aspectos ideológicos nas práticas urbanísticas: um olhar historiográfico sobre as transformações urbanas na cidade do Rio de Janeiro
        Josielle Cíntia de Souza Rocha e Nuno Montenegro
        Armando Augusto de Godoy: reflexões sobre o itinerário da formação e consolidação de um pensamento urbanístico
        Celina Fernandes Almeida Manso e Rodrigo de Faria
        Utopias do planejamento urbano: os "sonhos tropicais" de Eduardo Ribeiro e de Eduardo Braga
        Rodrigo Capelato
        A gestão de Carlos Sampaio e o legado da Exposição Int. do Centenário da Independência de 1922 para a cidade do Rio de Janeiro
        Fernanda de Azevedo Ribeiro

    10:30 - Café

    11:00 - Sessão Especial: Gaston Bardet e Gustavo Giovannoni e suas contribuições para o campo do urbanismo
        Coordenadora: Sarah Feldman (IAU-USP)
        Comentadores: Andrea Pane (U. Federico II) , Jean-Pierre Frey (École d'Urbanisme de Paris)
        Expositores: Juliana Melo (UFPE), Renata Cabral (UFPE) e Virgínia Pontual (UFPE)


    TARDE
    13:00 - Almoço

    14:30 - SESSÃO DE COMUNICAÇÃO 5:
        Coordenadora: Paola Berenstein (UFBA)

        Propostas de habitação para São Paulo: Celso Garcia e os embates na Câmara Municipal
        Philippe Arthur dos Reis
        O saneamento de Santos revisitado pela saúde: as percepções dos médicos Geraldo Paula Souza e Humberto Pascale
        Cristina de Campos e Robson A. Simões
        Representação social da paisagem de Brasília na obra de Marcel Gautherot
        Luciana Jobim Navarro
        Nestor Goulart e o Conjunto Ambiental Urbano: Narrativas de salvaguarda do patrimônio brasileiro
        Julia da Rocha Pereira

    16:00 - Balanço do Seminário e encerramento

    trabalhos selecionados

    Eixo 1

    Trajetórias múltiplas no urbanismo


    Um (In)certo José Ciampitti e sua atuação no processo de (Trans)formação espacial de Guarulhos
    Fernando Atique e Giorgia Burattini Saad Medeiros da Silva (UNIFESP)

    Representação social da paisagem de Brasília na obra de Marcel Gautherot
    Luciana Jobim Navarro (UNB)

    Urbanismo e multidisciplinaridade nas cidades novas de Joaquim Guedes
    Rogério Penna Quintanilha (UNOESTE)

    As filiações teóricas dos escalões territoriais de análise do Plano de Desenvolvimento do Paraná elaborado pela SAGMACS
    Fabíola Castelo de Souza Cordovil (UEM)

    O saneamento de Santos revisitado pela saúde: as percepções dos médicos Geraldo Paula Souza e Humberto Pascale
    Cristina de Campos e Robson A. Simões (UNICAMP)

    CPEU Centro de Pesquisas Estudos Urbanísticos. Uma experiência de ensino, pesquisa e prática profissional
    Maria Cristina da Silva Leme (FAU-USP)

    Nestor Goulart e o Conjunto Ambiental Urbano: narrativas de salvaguarda do patrimônio brasileiro
    Julia da Rocha Pereira (MDU-UFPE)

    Rodolpho Ahrons: o mágico engenheiro a transformar a fisionomia urbana da velha cidade açoriana
    Inês Martina Lersch, Fernanda Dihl e Vera Grieneisen (UFRGS e UNISINOS)

    Rizkallah Jorge Tahan a atuação da iniciativa privada na urbanização da cidade de São Paulo (1895-1928)
    Renata Geraissati Castro de Almeida (UNICAMP)

    Propostas de habitação para São Paulo: Celso Garcia e os embates na Câmara Municipal
    Philippe Arthur dos Reis (IAU-USP)

     

    Eixo 2

    Relações entre historiografia e ideologia


    Aspectos ideológicos nas práticas urbanísticas: um olhar historiográfico sobre as trasformações urbanas na cidade do Rio de Janeiro
    Josielle Cíntia de Souza Rocha e Nuno Montenegro (PPGAU-UFF e Fa ULisboa)

    A centralidade ausente da Barra da Tijuca: o Centro Metropolitano nos planos urbanos para a cidade do Rio de Janeiro
    Alice Matos de Pina (PROURB-UFRJ)

    A Companhia de Terras Norte do Paraná e a não obediência ao seu plano geral de colonização
    Layane Alves Nunes (UEM)

    Armando Augusto de Godoy: reflexões sobre o itinerário da formação e consolidação de um pensamento urbanístico
    Celina Fernandes Almeida Manso e Rodrigo de Faria (UNB e UNB / UNICAMP)

    Utopias do planejamento urbano: os "sonhos tropicais" de Eduardo Ribeiro e de Eduardo Braga
    Rodrigo Capelato (PROPUR-UFRGS)

    Progresso e problemas urbanos de São Paulo representados nas revistas técnicas no início do século XX
    Cinthia Aparecida Tragante (IAU-USP)

    A gestão de Carlos Sampaio e o legado da Exposição Internacional do Centenário da Independência de 1922 para a cidade do Rio de Janeiro
    Fernanda de Azevedo Ribeiro (PPGAU-UFF)

    Cidade, história e a forma das ideias
    Josianne Cerasoli (UNICAMP)

    Urbanistas e internacionalização no debate sobre o projeto para o bairro do Pacaembu em São Paulo (1911-1923)
    José Geraldo Simões Júnior (UPM)

    Anais do III SUUB

    CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO COMPLETO DOS ANAIS (FORMATO PDF)

    Comissões

    Coordenação Geral
    Virgínia Pontual (UFPE)

    Comissão Organizadora
    Cêça Guimaraens (UFRJ/UFPE)
    Cristiano Borba (FUNDAJ/UFPE)
    Fátima Campello (UFAL/UFPE)
    Fernando Diniz (UFPE)
    Juliana Pereira (UFPE)
    Maria Luiza de Freitas (UFPE)
    Renata Cabral (UFPE)
    Virgínia Pontual (UFPE)

    Comissão Científica
    Fernando Atique (Unifesp)
    George Dantas (PPGAU-UFRN)
    Inês Martina Lersch (PROPUR-UFRGS)
    Josianne Cerasoli (IFCH-Unicamp)
    Rodrigo de Faria (FAU-UnB / CIEC-UNICAMP)
    Vera Resende (UFRJ)
    Diego Beja Inglez de Souza (UNICAP)
    Paola Berenstein Jacques (UFBA)

    Equipe de Apoio
    Aline Bacelar (UFPE)
    Laryssa Araújo (UFPE)

    Realização

    Instituições Promotoras

    MDU-UFPE  LUP-UFPE  Fundação Joaquim Nabuco  Museu da Cidade do Recife

    Instituições de Apoio

    ANPUR   ANPARQ   CNPq   DOCOMOMO 
    UFPE    CAU-PE

    LOCALIZAÇÃO

    Auditório do Museu da Cidade do Recife
    Pça. das Cinco Pontas, São José, Recife

    CONTATOS
    Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano/Laboratório de Urbanismo e Patrimônio Cultural
    (81) 2126-8311
    urbanismonobrasil3@gmail.com


    HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO

    CONFIRA AQUI NOSSAS SUGESTÕES